Idoso | 6 dicas de organização para cuidar melhor

Mão de uma pessoa segurando a mão de um idoso com uma cadeira de rodas ao fundo.
A população de idosos está crescendo no mundo todo, inclusive no Brasil.

Você sabe como a organização pode ajudar no dia a dia de um familiar idoso ou de alguém que cuida de um idoso na família?

Talvez não tenha chegado a sua vez, de ajudar ou de ser ajudado, mas é bem provável que você precise um dia.

E se você já cuida de um familiar idoso, confira as dicas!

Quem é considerado idoso?

Conforme a definição da Organização Mundial da Saúde – OMS, pessoa com idade de 60 anos ou mais é considerado idoso.

De acordo com os estudos publicados pela UM/POP Division: World Population Prospects 2019, a população de idosos no mundo representava 4,9% do total de habitantes de 1950.



E esse número passou para 14% em 2020 e deve atingir o impressionante percentual de 40,1% em 2100.

Além disso, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizada no final de 2019, havia pelo menos um idoso em 34,5% dos lares brasileiros.

E eu te pergunto, você está preparado?

Como a organização pode ajudar nos cuidados do idoso?

Atuo como personal organizer e nesse exato momento, estou vivendo na pele essa experiência na casa dos meus pais.

E sim, posso garantir que a organização ajuda muito nos cuidados de um idoso dentro de casa!

Juntamente com paciência, amor e divisão de tarefas, criar um ambiente seguro e uma rotina organizada pode trazer mais tranquilidade ao idoso.

Mas, principalmente, qualidade de vida para as pessoas que cuidam e convivem com esse ente querido.

Compartilho com você essas dicas.

Dica 1: mantenha a casa organizada e o chão livre

Um idoso numa cadeira de rodas sendo guiado por alguém.
Crie um ambiente em que o idoso possa circular com segurança.

Em primeiro lugar, pense na segurança do idoso.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, um terço da população acima dos 65 anos sofre pelo menos uma queda por ano, proporção que aumenta com o envelhecimento.

Portanto, evite tapetes e fios soltos, móveis em excesso e objetos pelo chão.

Em outras palavras, facilite o seu andar, seja sozinho, com andador ou com a cadeira de rodas.

Dica 2: use as listas a seu favor

Uma idosa escrevendo uma lista de remédios num caderno pautado.
Não confie na memória, ou seja, faça listas e esvazie a cabeça!

Cuidar do idoso pode ser cansativo e a cabeça falha, pode acreditar!

Dessa forma, facilite ao máximo criando listas.

Segundo o neurocientista Daniel Levitin, em um artigo da BBC News, nós conseguimos equilibrar na mente apenas quatro pensamentos simultaneamente.

O ato de você colocar as coisas no papel (ou aplicativo) ajuda você a esvaziar a cabeça.

Além disso, criar listas pode ser decisivo numa emergência, por exemplo.

Use e abuse de listas de:

  • remédios com posologia e horários
  • contatos de médicos, ambulância, hospitais, parentes e vizinhos
  • procedimentos na hora do banho, de troca de fraldas, de troca de curativos
  • exercícios de fisioterapia etc.

Além de ajudar na saúde mental de quem cuida, todos da família ficam a par dos processos.

Dica 3: deixe uma malinha do idoso pronta

Uma mão puxando um documento de uma pasta.
Deixe uma malinha do idoso pronta para ir ao hospital numa emergência.

A rotina de cuidar do idoso é imprevisível… Pode haver muitas emergências.

Por isso, deixe uma bolsa pronta com documentos, carteirinha do convênio, últimos exames, lista de remédios, uma manta para as noites frias etc.

Antecipe-se.

Dica 4: deixe pequenas porções de refeições do idoso prontas

Às vezes, na correria, você pode ter dificuldade para preparar uma refeição de qualidade para eles.

Sendo assim, planeje um cardápio com antecedência e crie uma lista de compras.

Nos dias mais tranquilos, você pode fazer um estoque e congelar.

Acredite, esse pequeno planejamento, facilita demais o nosso dia a dia!

Dica 5: tenha cestos com kits de higiene organizados

Do mesmo modo que ajudava os nossos pais quando nós éramos bebês, ter um kit com todos os produtos para banho, troca de fraldas ou de curativo organizado, facilita o processo de cuidar de um idoso.

Bem como ter os kits organizados, ter gavetas com peças de roupas organizadas também garante a agilidade e segurança nas trocas.

Dica 6: se você é quem cuida do idoso, cuide de você

Uma senhora idosa, a mãe, beija o rosto de uma mulher mais jovem, a filha.
Como você cuidará do idoso, se você não estiver bem?

Analogamente à ideia da máscara de oxigênio do avião, a pessoa quem cuida precisa estar bem em primeiro lugar.

Dormir bem, ter uma alimentação balanceada, contar com momentos de descanso são imprescindíveis para transformar o cuidar num gesto de amor. Autocuidado que fala?

A Tsu apoia essa causa!

Um abraço carinhoso a todos que estão na mesma situação que eu. Vamos juntos.

Gostou da dica? Então compartilhe com seus amigos e não esquece de deixar o seu comentário :)

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Tsukie Takagi

Tsukie Takagi

Sou a Tsu, japa da gema, apaixonada pelo Brasil e pela organização. Atuo como personal organizer pela T2Organiza - desde que joguei o crachá pro alto - e ajudo você a ter uma casa organizada de forma leve e sustentável. Siga-me do Instagram: @t2organiza

Deixe seu comentário

4 respostas

    1. Ah, querida. Estamos juntas. Só quem passa por isso, entende… Vamos caminhando e nos aliviando um pouquinho com a ajuda da organização. Força e fé!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ter sua casa limpa sem stress?

Clique no botão abaixo e veja as dicas que separei pra você. Um infográfico completo e gratuito!