Desigualdade de gênero | O problema começa em casa

Hoje é o dia da Mulher, e quero fazer uma reflexão sobre como reproduzimos a desigualdade de gênero dentro de casa. Venha comigo porque o negócio é serio!

Quando pensei em fazer um post sobre o dia da Mulher fui pesquisar um pouco e ver palestras minhas sobre o tema.

Desigualdade entre meninos e meninas

Neste meio tempo me deparei com uma tabela que fala sobre a desigualdade na distribuição das tarefas domésticas entre meninos e meninas.

pesquisa de desigualdade de gênero nas tarefas domésticas
http://www.agenciadenoticias.uniceub.br/meninas-tem-mais-obrigacoes-em-casa-do-que-meninos-mostra-pesquisa/

As meninas lideram os índices de trabalhos domésticos.

Por ser menina

Pesquisei mais a fundo a fonte destes dados e vi que é da Ong Internacional Plan que atua na defesa dos direitos da criança.



O estudo chamado “Por ser menina” ouviu 1.771 meninas de 6 a 14 anos nas cinco regiões do país.

O que os resultados dessa pesquisa mostram é que a nossa sociedade reproduz essa desigualdade de gênero e isso começa dentro de casa.

É importante saber que aquilo que definimos como atividades masculinas e femininas é somente uma construção social e não vem determinado pelo sexo.

E quais as consequências dessa desigualdade na vida dessa criança depois?

Vou citar outra pesquisa, agora do IBGE.

pesquisa ibge desigualdade de gênero no estudo
pesquisa ibge sobre desigualdade gênero no emprego

O que acaba acontecendo é que essa jovem está sobrecarregada com os afazeres domésticos e acaba estudando menos e ganhando menos.

E nessa rotina de jornada dupla ou tripla, dificilmente volte a estudar e é bem possível que reproduza toda essa desigualdade para os seus filhos, alimentando esse ciclo.

Segundo Célia Bonilha da Ong Plan:

A gente constrói a nossa identidade de família a partir do momento em que divide as tarefas.

Minha dica para o Dia das Mulheres é:

menino e menina ajudando nas tarefas domésticas

Estimule seus filhos, independente do gênero a fazer tarefas domésticas.

Construa essa identidade de família, de comunidade, de que todos precisam ajudar.

Fazendo isso você vai fazer com que a criança tenha:

  • MAIS autonomia;
  • DESPERTE valores morais;
  • MELHORE o desenvolvimento motor e cognitivo e
  • AUMENTE a socialização.

Aproveite e veja esse posts aqui no Blog 3 Dicas para se tornar uma mulher empoderada em casa, Mulheres empoderadas limpam menos e Homens na Organização? Sim!

Conheça também meu Ebook “Organização do Quarto Infantil: saiba como transformar seu filho hoje num adulto organizado e independente amanhã“.

Estes materiais vão trazer um complemento sobre o que falamos hoje.

Espero que essa reflexão breve tenha sentido para você.

Precisamos mudar nossa sociedade e fazer com que todas as crianças, independente do gênero, tenham oportunidades iguais.

Te espero no próximo post! Tchau!

Gostou da dica? Então compartilhe com seus amigos e não esquece de deixar o seu comentário :)

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Priscila Randow

Priscila Randow

Sou uma capixaba-sergipana Bióloga, Mestre e Doutoranda em Sustentabilidade, Personal Organizer e idealizadora do Blog Dica Organizada. Quando percebi que a natureza é perfeita por ser organizada encontrei meu nicho de atuação. Siga-me do Instagram: @dicaorganizada

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você se considera uma pessoa produtiva?

Se ficou na dúvida, tenho um infográfico com dicas gratuitas para te tornar mais produtivo!

Ei! Quer emagrecer?
Comece pela geladeira!

Preparei um infográfico com dicas exclusivas de como organizar sua geladeira. Baixe agora. É gratuito!